arquivo

Palavras

ca73ec23072049.563211dbcc156

As partes que somam a equação que quantifica cada uma das tuas ligações químicas em raios que não são claros como os olhos que resolvemos fechar para que toda luz seja essa mesma ao acordar por outras razões aquilatadas a cada novo ser que verbaliza tua linguagem quando cala tudo que há de terrível em si por si em mim em ti sobre a efígie que nos encontra sob a superfície que arranha que arranha que arranha a pior palavra que afoga e pulveriza o que nos mata de viver antes que tudo seja o mesmo ciclo capaz de mover a vida e enganar o que respira para não assumir cada uma das partes de uma razão dentro de um precioso fluxo de pensamentos que acontece pouco antes do sinal abrir para que a vida seja tua e nada mais seja teu onde o ponto que começa e termina essa linha vai dizer sobre o futuro-mais-que-perfeito ao tecer ao tecer ao tecer o que fizer que será que quiser ou o que quis dizer antes de tudo e de nada que mata que mata que mata e faz viver para que ele acorde por dentro e por fora revelando o avesso por ser mais que um nova ou a mesma noite antes do dia ser lançado no conforto do aço para o verso do espelho que nos faz acreditar que ele dorme e nunca nunca nunca vai acordar.

Anúncios

estranhos dentro do aquário. garfo sem ponta. faca sem dente. peixe espada. sem boca. sem graça. pé e escada. no quarto de hotel. caminho de voltas. pela janela fechada. era março no calendário. do ano passado. datas e nomes. sozinho em alguma jangada. era espelho. era espera. era espada. peixe fora d’água. borboletas no aquário. porta fechada. maçaneta e mão. pé-de-cabra. vinte mil léguas desaparecidas. em alguma onda. quem vai te encontrar sem procurar o que encontra? parafuso sem girar. martelo para amaciar. pontas soltas para dobrar. pergunte ao pó. às pegadas que eu deixei. diagnosticado. ar comprimido. mergulhado. procurando uma mão. aquela estendida. uma cascavel preparando o bote. o bote… o bote… salva-vidas.

bloco branco laico
tinta pena letra
caso dado lance
luz apaga negra
cale lenda calendário
perna pés cadeira
raio raro arranha
corre ente certeza
eu neles desses
nossos ossos ar
pó arco astro
pingo chuva mar
forca laço isca
nota tecla canta
honra nome família
alvo flecha lança
futuro antigo perfeito
barco vela âncora
conjuga nosso tempo
que enxerga e nos alcança

Canto, vivo, falo, digo, penso, mordo, calo, medito, creio, teclo, corro, sigo, paro, parto, caio, ligo, expresso, durmo, sonho, realizo, leio, escrevo, rasgo, mastigo, bebo, levanto, cambaleio, equilibro, ergo, amasso, preparo, atiro, desabafo, apago, curto, compartilho, desenho, calculo, adoeço, medico, invento, desfaço, ouço, silencio, tento, tento, tento, tento, tento…

comum comum comum comum comum comum comum comum
comum comum comum comum comum comum comum comum
comum comum comum comum comum comum comum comum
comum comum comum comum comum comum comum comum
comum comum comum comum comum comum comum comum
comum comum comum comum comum comum comum comum
comum comum comum comum comum comum comum comum
comum comum comum comum comum comum comum comum
comum comum comum comum comum comum comum comum
comum comum comum comum comum comum comum comum
comum comum comum comum comum comum comum comum
comum comum comum comum comum comum     referência
comum comum comum comum comum comum comum comum
comum comum comum comum comum comum comum comum
comum comum comum comum comum comum comum comum
comum comum comum comum comum comum comum comum